quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Natal no Rio

Desde que me entendo por gente, a decoração natalina oficial da cidade do Rio de Janeiro se limitava a cordões de pisca-pisca dispostos nos postes de luz, em geral no Aterro do Flamengo, formando o desenho de uma árvore de Natal. Este ano, foram espalhados em diferentes pontos da cidade presépios segundo a concepção de vários artistas. Ficou muito mais original e interessante, e ainda democratiza o acesso da população às artes plásticas.
Não sei de quem foi a iniciativa, mas achei ótima! Meu preferido é esse presépio futurista aí de cima, de Denier Martins, que está exposto na Quinta da Boa Vista. A Veja Rio publicou a galeria de fotos com vários deles.

Pense nisso

Já pensou como seria se, de repente, sua casa começasse a encolher?

video

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

domingo, 1 de novembro de 2009

Para o bem da ordem das coisas estabelecidas


"À Andréa Blois

Fico imaginando como seria um encontro entre a sua avó e a minha. Trocariam receitas e pontos de croché, como duas senhoras pacatas? Acho que não. Mais provável disputarem quem possuía o neto mais bonito ou quem tinha mais história para contar.

Fico imaginando o que essas duas velhinhas realmente aprontariam caso se conhecessem. Inventariam um novo tempero? um novo céu? um novo mar? um novo homem? Para o bem da ordem das coisas estabelecidas, acho bom Deus acordar mais cedo todos os dias e não perder vista, nos arredores de seus domínios, essas duas mulheres que fizeram do tempo um mero corredor entre a última porta e a primeira passagem.

Jacinto Fabio Corrêa
2 de outubro de 2009"


O poema acima foi escrito pelo meu irmão-amigo-confidente-poeta querido Jacinto Corrêa no dia do enterro da minha avó, um carinho sem igual que nunca será esquecido. Assim como eu, a ligação dele com sua avó foi fortíssima e fundamental em sua formação. Com certeza, as duas estão agora nos arredores do Céu dando trabalho para Deus, tentando fazer as coisas se arrumarem de seus jeitos, e, claro, ainda numa discussão sem fim sobre quem tem o neto mais bonito e inteligente.