sábado, 30 de agosto de 2008

Era de Aquarius

Eu não me importo de nadar contra a maré e ter que matar um leão por dia. O corpo cansa, mas a mente só se expande.



"When the moon is in the Seventh House/And Jupiter aligns with Mars/Then peace will guide the planets/And love will steer the stars

This is the dawning of the age of Aquarius/The age of Aquarius/Aquarius!/Aquarius!

Harmony and understanding/Sympathy and trust abounding/No more falsehoods or derisions
Golden living dreams of visions/Mystic crystal revalation/
And the mind's true liberation
Aquarius!/Aquarius!"

Post dedicado às estrelinhas apagadas que por pura mediocridade tentam roubar o brilho alheio.

quinta-feira, 28 de agosto de 2008

Carro dos sonhos

"Agora sim! Com ar, direção e trio, vou querer um...
Andreinha, bota lá no banho de gato que isso vai virar uma coqueluche!"

O autor do post de hoje, na realidade, é o meu amigo Zé Gordilho, que me enviou a imagem e o texto com o comentário acima.
Está aí a solução para os nossos problemas! Encomende um para mim também, Zé.

Com pára-choques mais resistentes para a derrubada de barricadas, novo 'caveirão' da polícia terá ar-condicionado, macas e protetor de pescoço para resgates. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, o blindado tem capacidade para 20 homens, oito a mais que o antigo, e custa R$ 360 mil. (Foto: Divulgação / Secretaria de Segurança Pública)

quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Ode carioca

"Pessoas têm berço, animais têm ninho, plantas têm raízes.
Nessa ordem confortante das coisas, natural que empresas também queiram se situar no mundo.
Não no colo insuficiente de um cep, mas no regaço receptivo de uma cidade maravilhosa.
Sendo a Piraquê a empresa e sendo o Rio de Janeiro a sua origem, quem sabe não possa ter sido o amor a massa e o calor carioca o forno? A Piraquê veio à luz num parto solar, ondas do mar em contração, a paisagem dilatando espaço - e eis a fábrica. Fermenta e cresce, Piraquê (Ah, se o endereço falasse!).
Trabalho foi a primeira palavra, o primeiro passo entusiasmo, o sucesso já nos primeiros tempos.
E assim, com ou sem trocadilho, se assaram os anos: a Piraquê alimentando o Rio, o Rio devorando a Piraquê, ele dando a maior força, ela esforçada por ele. Na troca de energias, a Piraquê cercou o Rio de oferendas; o Rio rodeou a Piraquê de gente, gente, gente. Gente gentil. Depois de décadas deliciosas, uma nos braços do outro, as bodas de ouro pelas orlas douradas. Uma história longa para se orgulhar, e muito mais orgulho há de vir.
É a Piraquê amando esse Rio amável - pelo menos é assim que a Piraquê, com porta-vozes humanos, pode dizer que se sente -, esse Rio que exclamo!"

A propaganda aqui é gratuita e mais do que agradecida pelo texto cheio de gingado que, por um instante, faz o peito estufar de orgulho e resgatar a auto-estima que todos nós, cariocas, perdemos em meio a tanto desgoverno e bala perdida.
No site da Piraquê, há uma seção inteira dedicada ao Rio, com textos tão deliciosos quanto esse e um profundo respeito a essa cidade resistentemente maravilhosa. Um respeito que aqueles que almejam governá-la não demonstram.
Toda manhã, o meu trajeto para o trabalho até o centro da cidade é feito em uma sucessão de cartões postais. O morro Dois Irmãos ao fundo... O Cristo Redentor à minha esquerda, abençoando a passagem... O mar à direita e um tema de canção atrás do outro: Leblon, Ipanema, Arpoador, a Princesinha do Mar... Uma curva à esquerda, uma reta e, de repente, o Pão de Açúcar ali à frente e as embarcações descansando na Enseada de Botafogo... O Aterro do Flamengo e seus corredores matinais, ciclistas, carrinhos de bebê, cachorros... O Outeiro da Glória... O Monumento aos Pracinhas (e do outro lado, lá afastado, o Teatro Municipal)... O MAM... O Santos Dumont...
E, no meio de tanta obra-prima da natureza e da arquitetura, aquelas irritantes faixas e plaquinhas de candidatos, interferências de mau gosto e, o que é pior, de mau agouro do que ainda teremos que enfrentar. Quando penso que terei que encarar aquela urna eletrônica, minha vontade é cortar os pulsos.

terça-feira, 26 de agosto de 2008

Mulher Maravilha

Eu posso te levar comigo no meu avião invisível, te proteger das balas com meus braceletes, te prender com meu laço mágico e te fazer rebolar com meu cinturão do poder, mas não dá para ser Mulher Maravilha full-time.
Às vezes, tudo o que eu preciso é poder ser simplesmente Diana Prince.

segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Sabedoria infantil

"Quem é Maria vai com as outras devia ler este livro para ver como é a maior falta de graça copiar as coisas dos outros. A gente só deve copiar as coisas que a professora escreve no quadro!"

A frase é da Luiza, do blog Meu Jardim, que, apesar de ter apenas sete anos, já sabe o que muito marmanjo leva a vida inteira sem conseguir aprender.

sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Rock around the clock

Afinal, é sexta-feira...

Via Don't touch my moleskine

Coisa de macho


"Faz judô, cara! Balé é coisa de macho. A gente sai todo quebrado, contundido, não é moleza não". Conselho que o brasileiro Thiago Soares, primeiro bailarino do Royal Ballet de Londres, costuma dar aos amigos que pretendem se dedicar à dança.

quinta-feira, 21 de agosto de 2008

Vai um óleo de peroba aí?


Está na Folha Online para quem quiser ler:

"No dia em que o STF (Supremo Tribunal Federal) aprovou o texto da súmula vinculante proibindo o nepotismo nos três Poderes surge no Congresso a discussão sobre a criação de uma cota para parentes. A idéia, por enquanto sem autoria (claro, afinal filho feio não tem pai!), é discutida nos corredores da Câmara e do Senado... a idéia se baseia no sistema já existente de cotas para negros em universidades".

Se os cupins resolverem atacar por lá, não vai sobrar um para contar a história.

Um balão de oxigênio, please!


São Paulo, 20 de agosto, 17 horas.
Umidade do ar: 16% no Mirante de Santana, a mais baixa do ano.
Segundo a Organização Mundial de Saúde, 30% é o índice mínimo para evitar danos à saúde.
Pobre terra da garoa, onde já não chove mais! Daqui a pouco, até os monumentos vão ter que usar máscaras.

quarta-feira, 20 de agosto de 2008

Oommmm...

... Um dia eu viro zen.

Via Don't touch my moleskine (tô viciada nesse blog)

Pen drive virtual


Seu pen drive super-ultra-moderno já está lotado? Então, cadastre-se em http://www.xdrive.com/ e crie um drive virtual para acessar seus arquivos em qualquer PC. O site oferece gratuitamente até 5 GB de espaço e um programa para sincronizar pastas do seu micro com o drive virtual.

segunda-feira, 18 de agosto de 2008

Eu quero a minha mãe!!!!

Ai, que dó desse filhotinho de jubarte perdido na Austrália! O (a) pobrezinho (a) confundiu a mãe com um iate e está tentando mamar no casco da embarcação. O iate já foi afastado do porto e conduzido para uma baía com a esperança de que o filhote reencontre a mãe, mas os ambientalistas estão preocupados com a saúde do animal, que não está se alimentando. Para assistir ao vídeo, entre no link http://www1.folha.uol.com.br/folha/bbc/ult272u434798.shtml e clique na foto.

sexta-feira, 15 de agosto de 2008

Tertúlia Virtual - Água

Bastaram dois átomos de hidrogênio (H2) e um átomo de oxigênio (O) para a vida acontecer neste planeta que, apesar de inundado, curiosamente chama-se Terra. São 1,6 bilhões de Km3 cobertos de água, mas apenas 3% é doce. Muito pouco para um lugar habitado por seres cujo corpo é formado em 70% por água.
Predadores por natureza, aqueles que se auto-denominam "humanos" agora preocupam-se com o que virá pela frente. Em 22 de março de 2002, a ONU apresentou ao mundo a Declaração Universal dos Direitos da Água, com o "objetivo de atingir todos os indivíduos, todos os povos e todas as nações, para que todos os homens, tendo esta Declaração constantemente no espírito, se esforcem, através da educação e do ensino, em desenvolver o respeito aos direitos e obrigações anunciados e assumam, com medidas progressivas de ordem nacional e internacional, o seu reconhecimento e a sua aplicação efetiva".
Mas as torneiras continuam abertas.

Declaração Universal dos Direitos da Água
Art. 1º - A água faz parte do patrimônio do planeta.Cada continente, cada povo, cada nação, cada região, cada cidade, cada cidadão é plenamente responsável aos olhos de todos.
Art. 2º - A água é a seiva do nosso planeta.Ela é a condição essencial de vida de todo ser vegetal, animal ou humano. Sem ela não poderíamos conceber como são a atmosfera, o clima, a vegetação, a cultura ou a agricultura. O direito à água é um dos direitos fundamentais do ser humano: o direito à vida, tal qual é estipulado do Art. 3 º da Declaração dos Direitos do Homem.
Art. 3º - Os recursos naturais de transformação da água em água potável são lentos, frágeis e muito limitados. Assim sendo, a água deve ser manipulada com racionalidade, precaução e parcimônia.
Art. 4º - O equilíbrio e o futuro do nosso planeta dependem da preservação da água e de seus ciclos. Estes devem permanecer intactos e funcionando normalmente para garantir a continuidade da vida sobre a Terra. Este equilíbrio depende, em particular, da preservação dos mares e oceanos, por onde os ciclos começam.
Art. 5º - A água não é somente uma herança dos nossos predecessores; ela é, sobretudo, um empréstimo aos nossos sucessores. Sua proteção constitui uma necessidade vital, assim como uma obrigação moral do homem para com as gerações presentes e futuras.
Art. 6º - A água não é uma doação gratuita da natureza; ela tem um valor econômico: precisa-se saber que ela é, algumas vezes, rara e dispendiosa e que pode muito bem escassear em qualquer região do mundo.
Art. 7º - A água não deve ser desperdiçada, nem poluída, nem envenenada. De maneira geral, sua utilização deve ser feita com consciência e discernimento para que não se chegue a uma situação de esgotamento ou de deterioração da qualidade das reservas atualmente disponíveis.
Art. 8º - A utilização da água implica no respeito à lei. Sua proteção constitui uma obrigação jurídica para todo homem ou grupo social que a utiliza. Esta questão não deve ser ignorada nem pelo homem nem pelo Estado.
Art. 9º - A gestão da água impõe um equilíbrio entre os imperativos de sua proteção e as necessidades de ordem econômica, sanitária e social.
Art. 10º - O planejamento da gestão da água deve levar em conta a solidariedade e o consenso em razão de sua distribuição desigual sobre a Terra.

quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Para os consumistas de plantão


Tom Ford, Dior, Roberto Cavalli, Dolce & Gabanna, Gucci, Guess... Para quem quem está namorando aqueles óculos ou relógio dos editoriais de moda, aí vai uma dica: o site Acessórios Fashion vende vários lançamentos que ainda não chegaram às lojas multimarcas tupiniquins a um preço barratin, barratin perto do que se vê por aí nos shoppings.
Se você adora essas novidades, dê uma bisbilhotada lá. O site é sério e os produtos são originais. Não é nada made in China.
Eu estou aqui me controlando para não consumir, mas esse Tom Ford aí de cima tá me tentaaando!

Em tempo: não estou ganhando nenhuma comissão!

Piadinha da hora


Já que o Congresso resolveu voltar a trabalhar (só até as eleições porque ninguém é de ferro, né?!) ...

A professora pergunta na sala de aula:
- Pedrinho qual a profissão de seu pai?
- Advogado professora.

- E a do seu pai, Marianinha?
- Engenheiro.

- E o seu, Aninha?
- Ele é médico.

-E o seu pai, Joãozinho, o que faz?
-Ele... Ele é dançarino numa boate gay!

-Como assim? (pergunta a professora, surpresa).

-Fessora, ele dança na boate vestido de mulher, com uma tanguinha minúscula de lantejoulas, os homens passam a mão nele e põem dinheiro no elástico da tanguinha e depois saem para fazer programa com ele.

A professora rapidamente dispensou toda a classe, menos Joãozinho. Ela caminha até o garoto e novamente pergunta:

-Menino, o seu pai realmente faz isso?

-Não, fessora. Agora que a sala tá vazia, eu posso falar! Ele é Deputado Federal... Mas dá uma vergonha falar isso na frente dos outros!

terça-feira, 12 de agosto de 2008

Suspiro

"A felicidade é um sentimento simples.
Você pode encontrá-la e deixá-la ir embora por não perceber sua simplicidade."

Mário Quintana

segunda-feira, 11 de agosto de 2008

Assim caminha a humanidade...


Enquanto isso, na Ossétia do Sul... no Iraque... na África... nas favelas do Rio... na periferia de São Paulo...

Foto: Reuters

domingo, 10 de agosto de 2008

Para todos os pais

Para o meu pai, o meu irmão, os meus avôs (que já não estão mais aqui comigo), os meus amigos-pais e para todos aqueles que enfrentam o desafio de ser herói e bandido para ensinar a seus filhos o jogo da vida. Feliz dia!

Os brutos também amam

Aos que me chamam de "pit" (bull), uma demonstração de que os brutos também amam e do quanto somos leais a quem merece o nosso amor.

video
Em tempo: Se o meu rugido ainda não se transformou em miado para você, darling, give up!

sexta-feira, 8 de agosto de 2008

Por justiça

Em geral, procuro postar assuntos leves, descontraídos, com exceção dos meus (vários) momentos de irritação com a política brasileira. Mas, dessa vez, vou deixar a brincadeira de lado porque o mundo não é cor-de-rosa.
Conheci hoje, por indicação de um amigo, a história de luta de uma mãe que, há dez anos, briga na Justiça para ser indenizada pelo acidente que deixou sua filha Flávia em coma, após ter os cabelos sugados pelo ralo da piscina do condomínio onde moravam, em São Paulo. Para alertar a população sobre o perigo existente em ralos de piscinas e protestar contra a lentidão da Justiça brasileira, Odele, a mãe de Flávia, criou um blog e está organizando uma postagem coletiva, no próximo dia 15 de setembro, cujo tema será "Justiça para Flávia".
Eu vou participar e convido a você, blogueiro que me visita, a fazer o mesmo. Os detalhes estão em www.flaviavivendoemcoma.blogspot.com. Se quiser conhecer um pouco mais da luta da Odele, clique aqui e assista a participação dela no programa "O Melhor do Brasil", da TV Record.

quarta-feira, 6 de agosto de 2008

terça-feira, 5 de agosto de 2008

Balinha de sabão


Cuidado! As balinhas coloridas do pacote parecem aquelas guloseimas de doceria infantil, mas na realidade servem para lavar roupa. Na onda do ecologicamente correto, as Laundry Dropps são feitas com ingredientes biodegradáveis, que não poluem a água ou prejudicam os peixes. O único problema é que, como grande parte dos produtos verdes disponíveis no mercado, elas não são nem um pouco economicamente corretas. Um único pacotinho sai por US$ 22,46 no site da Amazon.

Brincadeira de criança

Estar no mundo virtual tem sido muito gratificante. Descobrir e ser descoberta por pessoas que, às vezes, nem no mesmo país estão, mas que compartilham de idéias parecidas é uma experiência única, difícil de imaginar há 20 anos atrás.
Hoje, eu fui surpreendida mais uma vez com o poder da blogosfera. Recebi a visita deliciosa da Luiza, uma mineirinha de sete anos que tem o seu próprio blog, o Meu Jardim, e que chegou até aqui por causa de nosso gosto em comum por gatos. O comentário dela, deixado no post abaixo, me fez ganhar o dia e, com certeza, vai embalar meu sono esta noite.

domingo, 3 de agosto de 2008

Porque toda unanimidade é burra

"Gosto das idéias mais insanas,
dos pensamentos mais complexos,
dos sentimentos mais fortes.
Tenho um apetite voraz e os delírios mais loucos.
Você pode até me empurrar de um penhasco que eu vou dizer:
- E daí? Eu adoro voar!
Não me dêem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre.
Não me mostrem o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração.
Não me façam ser quem não sou.
Não me convidem a ser igual, porque sinceramente sou diferente.
Não sei amar pela metade.
Não sei viver de mentira.
Não sei voar de pés no chão.
Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma pra sempre ..."

Clarisse Lispector

O tema da Tertúlia Virtual de agosto é "Água". Quem quiser participar deve incluir seu nome e o nome do seu blog no MISTER LINKY'S, e postar, no dia 15, um texto e/ou uma fotografia sobre o tema. Participe!

sábado, 2 de agosto de 2008

O mar quando quebra na praia é bonito...

"A última e formidável ressaca que devastou e destruiu grande parte da Avenida Beira-Mar merece considerações especiais que não posso deixar de fazer. (...) Os grosseiros homens do nosso tempo, homens educados nos cafundós escusos da city londrina ou nos gabinetes dos banqueiros de Wall Street, não lhe quiseram ver a grandeza (do mar) e trataram de explorá-lo. De há muito que ele havia marcado os seus limites com a terra; de há muito ele dissera a esta: o teu domínio pára aí e daí não passarás. (...) Tais homens, porém, a pretexto de melhoramentos e embelezamentos (...) trataram de estrangulá-lo, de aterrá-lo com lama.
O mar nada disse e deixou-os, por alguns meses, enchê-lo de lama. Um belo dia, ele não se conteve. Encheu-se de fúria e, em ondas formidáveis, atira para a terra a lama com que o haviam injuriado."

Crônica de Lima Barreto na revista Careta, em 1921.


Ressaca na Avenida Beira-Mar (RJ), em 1910

A ressaca na Avenida Beira-Mar vista do alto

A ressaca invade o cais do Mercado Municipal

A grande ressaca na praia do Flamengo, em 8 de março de 1913, que isolou o Palácio do Catete.

Em 1921, a ressaca na Avenida Atlântica, em Copacabana, destruiu a calçada.

Já na década de 60, o mar bate às portas do Copacabana Palace e do famoso Edifício Chopin (ao lado)

Ainda em Copacabana, nos anos 60

sexta-feira, 1 de agosto de 2008

Moda olímpica


Vale a pena passar pelo Fashionation para dar uma olhada no editorial da Harper's Bazaar, com uma impecável Lucy Liu fazendo levantamento de bolsas, equilibrando-se na barra com um scarpin pink ou atuando como esgrimista prêt-à-porter.

You are the sunshine of my life

Visão parcial do eclipse solar no Monumento da Independência em Almaty, no Cazaquistão.


O sol coberto pela sombra da lua em Gaotai, na península de Gansu, na China.


Visão parcial do eclipse da Universidade de Ciências Aplicadas em Kiel, na Alemanha.

Fotos: Reuters e AP