domingo, 28 de setembro de 2008

Explode coração

28 de setembro é o "Dia Mundial do Coração". Enquanto organizações de saúde por todo o mundo divulgam os cuidados que devemos tomar para manter este órgão tão importante funcionando com qualidade, eu prefiro postar aqui um texto da Martha Medeiros que mostra como falar sobre os sentimentos pode se o melhor remédio para manter um coração saudável.

"Hoje não escondo nada do que sinto e penso, e às vezes também sofro com isso, mas ao menos não compactuo mais com um tipo de silêncio nocivo: o silêncio que tortura o outro, que confunde, o silêncio a fim de manter o poder num relacionamento.
Assisti ao filme 'Mentiras sinceras' com uma pontinha de decepção - os comentários haviam sido ótimos, porém a contenção inglesa do filme me irritou um pouco - mas, nos momentos finais, uma cena aparentemente simples redimiu minha frustração. Embaixo de um guarda-chuva, numa noite fria e molhada, um homem diz para uma mulher o que ela sempre precisou ouvir. E eu pensei: como é fácil libertar uma pessoa de seus fantasmas e, libertando-a, abrir uma possibilidade de tê-la de volta, mais inteira.
Dizer o que se sente é considerado uma fraqueza. Ao sermos absolutamente sinceros, a vulnerabilidade se instala. Perde-se o mistério que nos veste tão bem, ficamos nus. E não é este tipo de nudez que nos atrai.
Se a verdade pode parecer perturbadora para quem fala, é extremamente libertadora para quem ouve. É como se uma mão gigantesca varresse num segundo todas as nossas dúvidas. Finalmente se sabe.
Mas sabe-se o quê? O que todos nós, no fundo, queremos saber: se somos amados.
Tão banal, não? E no entanto esta banalidade é fomentadora das maiores carências, de traumas que nos aleijam, nos paralisam e nos afastam das pessoas que nos são mais caras. Por que a dificuldade de dizer para alguém o quanto ele é - ou foi - importante? Dizer não como recurso de sedução, mas como um ato de generosidade, dizer sem esperar nada em troca. Dizer, simplesmente.
A maioria das relações - entre amantes, entre pais e filhos, e mesmo entre amigos - ampara-se em mentiras parciais e verdades pela metade. Pode-se passar anos ao lado de alguém falando coisas inteligentíssimas, citando poemas, esbanjando presença de espírito, sem alcançar a delicadeza de uma declaração genuína e libertadora: dar ao outro uma certeza e, com a certeza, a liberdade. Parece que só conseguiremos manter as pessoas ao nosso lado se elas não souberem tudo. Ou, ao menos, se não souberem o essencial. E assim, através da manipulação, a relação passa a ficar doentia, inquieta, frágil.
Em vez de uma vida a dois, passa-se a ter uma sobrevida a dois.
Deixar o outro inseguro é uma maneira de prendê-lo a nós - e este 'a nós' inspira um providencial duplo sentido. Mesmo que ele tente se libertar, estará amarrado aos pontos de interrogação que colecionou. Somos sádicos e ávaros ao economizar nossos 'eu te perdôo', 'eu te compreendo', 'eu te aceito como és' e o nosso mais profundo 'eu te amo' - não o -eu te amo- dito às pressas no final de uma ligação telefônica, por força do hábito, e sim o -eu te amo- que significa: 'seja feliz da maneira que você escolher, meu sentimento permanecerá o mesmo'.
Libertar uma pessoa pode levar menos de um minuto. Oprimi-la é trabalho para uma vida. Mais que as mentiras, o silêncio é que é a verdadeira arma letal das relações humanas."

Singing in the rain

Já que São Pedro cismou que os domingos cariocas têm que ser chuvosos...
video

Hoje tem poesia na tevê

Vai ao ar hoje, às 21 horas, o especial de TV "Um diário para dois", produzido pela TV UniverCidade (canal 16 da NET), com trechos do último recital do poeta Jacinto Corrêa e entrevistas feitas com ele e com pessoas ligadas a seu trabalho. O programa, com uma hora de duração, será reprisado amanhã (segunda-feira), às 16h; na quarta-feira (dia 1 de outubro), às 20h; e na sexta-feira (dia 3 de outubro), às 20h e 23h30m. Nada como uma dose de poesia na veia para encarar mais uma semana de labuta!
* Foto: Erik Barros Pinto

Para ficar com água na boca


Após três dias na terra da garoa, descobri uma coisa que não precisaria sair da cadeira de casa para descobrir: o hotsite Como se Faz, da Veja São Paulo, com receitas de chefs e restaurantes conceituados da capital brasileira da gastronomia. Tem entradas, pratos principais, sobremesas e receitas de bares. Dá vontade de correr para a cozinha e brincar de Jamie Oliver.

terça-feira, 23 de setembro de 2008

Carro de tecido

Recebi o texto e o vídeo abaixo e não resisti. Tive que postar aqui. Para quem ama carro, tecnologia e design como eu é sensacional.

"A busca por carrocerias cada vez mais leves é um dos grandes desafios dos projetistas de automóveis. Alumínio, titânio e fibra de carbono são os materiais mais utilizados na criação de um veículo, mas por que não utilizar tecido? Foi justamente isso que a BMW fez com o seu novo carro conceito... Chamado de GINA Light Visionary Model, o modelo, uma espécie de Z4M de pano, segue o que a marca chama de 'design orgânico'.
Capaz de mudar de forma, o carro futurista possui um chassi composto por cabos de alta resistência e barras de fibra de carbono. Por baixo dos panos (sem trocadilho), a BMW afirma que o GINA - sigla em alemão para Geometria e Funções Adaptavias - possui uma série de pequenos motores elétrico-hidráulicos, responsáveis pelas mudanças no formato da carroceria.Os faróis, tanto frontais quanto traseiros, ficam escondidos sob o tecido quando estão apagados e abrem-se como pálpebras ao serem acionados, imitando os movimentos do olho humano.
Apesar do aspecto metálico do tecido que cobre o chassi, pequenos detalhes pelo carro denunciam o material alternativo. Ao abrir as portas vê-se claramente o tecido, que fica enrugado. O acesso ao motor é como abrir uma jaqueta, porém, no lugar de um zíper, motores elétricos cuidam da abertura do capô. Mesmo sendo algo impensável para os tempos atuais, a BMW afirma que a solução pode ser usada na indústria. Quem diria que mecânicos no futuro seriam substituídos por costureiros?"

video

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

A história do Jardim Botânico do Rio de Janeiro

No próximo dia 7 de outubro, os historiadores Claudia Braga Gaspar e Carlos Eduardo Barata lançam o livro De Engenho a Jardim - Memórias históricas do Jardim Botânico, publicado pela Capivara Editora. O livro é fruto de anos de pesquisa sobre a história do Jardim Botânico do Rio de Janeiro, desde a origem de suas terras quando era Engenho Real, passando pela desapropriação e transformação em fábrica de pólvora e Real Horto, até os dias de hoje.
O lançamento acontece a partir das 19 horas, na Livraria Argumento, que fica na Rua Dias Ferreira, 417, no Leblon.

Chapeuzinho Vermelho na imprensa

Existem maneiras e maneiras de contar uma mesma estória. Como a imprensa noticiaria o que aconteceu com Chapeuzinho Vermelho?

JORNAL NACIONAL
(William Bonner): 'Boa noite. Uma menina chegou a ser devorada por um lobo na noite de ontem...'. (Fátima Bernardes): '... mas a atuação de um caçador evitou uma tragédia'.

FANTÁSTICO
(Glória Maria, que graças a Deus está aposentada!): '... que gracinha, gente. Vocês não vão acreditar, mas essa menina linda aqui foi retirada viva da barriga de um lobo, não é mesmo?'

CIDADE ALERTA (Datena): '... onde é que a gente vai parar, cadê as autoridades? Cadê as autoridades?! A menina ia para a casa da avozinha a pé! Não tem transporte público! Não tem transporte público! E foi devorada viva... Um lobo, um lobo safado. Põe na tela!! Porque eu falo mesmo, não tenho medo de lobo, não tenho medo de lobo, não.'

REVISTA VEJA
Lula sabia das intenções do lobo.

REVISTA CLÁUDIA
Como chegar à casa da vovozinha sem se deixar enganar pelos lobos no caminho.

REVISTA NOVA
Dez maneiras de levar um lobo à loucura na cama.

FOLHA DE S. PAULO
Legenda da foto: 'Chapeuzinho, à direita, aperta a mão de seu salvador'. Na matéria, box com um zoólogo explicando os hábitos alimentares dos lobos e um imenso infográfico mostrando como Chapeuzinho foi devorada e depois salva pelo lenhador.

O ESTADO DE S. PAULO
Lobo que devorou Chapeuzinho seria filiado ao PT.

O GLOBO
Petrobras apóia ONG do lenhador ligado ao PT que matou um lobo para salvar menor de idade carente.

ZERO HORA
Avó de Chapeuzinho nasceu no Rio Grande do Sul.

AQUI
Sangue e tragédia na casa da vovó.

REVISTA CARAS
(Ensaio fotográfico com Chapeuzinho na semana seguinte) Na banheira de hidromassagem, Chapeuzinho fala a CARAS: 'Até ser devorada, eu não dava valor para muitas coisas da vida. Hoje sou outra pessoa.'

PLAYBOY
(Ensaio fotográfico no mês seguinte) Veja o que só o lobo viu.

REVISTA ISTO É
Gravações revelam que lobo foi assessor de político influente.

G MAGAZINE
(Ensaio fotográfico com lenhador) Lenhador mostra o machado.

SUPER INTERESSANTE
Lobo mau! Mito ou verdade?

DISCOVERY CHANNEL
Vamos determinar se é possível uma pessoa ser engolida viva e sobreviver.

sábado, 20 de setembro de 2008

Pequenos blogueiros

Após uma semana no ar, as crianças já finalizaram a primeira estória da Teca Sapeca. Se você ainda não conhece o site, entre lá para ler as aventuras de uma gatinha bagunceira que tem a ajuda das crianças para narrar as suas travessuras. Se gostar, indique para os pequenos. Quanto mais gente participar da brincadeira, melhor.

quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Hora da naninha

OK, eu sei que festa de casamento é praticamente uma maratona para os noivos, que cansa para chuchu (nossa! essa é do tempo da minha avó) etc e tal, ainda mais quando é uma super-produção como foi o enlace matrimonial da Sandy-agora-sem-Junior e do noivo-insosso-igual-a-ela-Lucas Lima. Mas o que leva um recém-casado a perder tempo em frente a um computador, às seis da manhã, em plena noite/manhã de núpcias para dizer em seu blog que está "morrendo de sono"?
Foi dormiiirrrrr?!?! Ninguém te ensinou o que se faz nessas horas não, meu filho? Tá bom que a noiva-virgem-pura é mais sem-sal do que sopa de hospital, mas também não é para tanto, né?! Poor Sandy...

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Blogagem coletiva - Justiça para Flávia

Hoje é dia de blogagem coletiva em apoio à luta de Odele Souza, mãe da menina Flávia, que teve seus cabelos sugados pelo ralo da piscina do condomínio onde morava, em São Paulo, e que vive há 11 anos em coma em decorrência do acidente. Incansável, Odele busca até hoje que a Justiça julgue o processo de indenização que move contra o condomínio Jardim Buriti, a Jacuzzi do Brasil, fabricante do ralo, e a AGF Brasil, seguradora do condomínio. O pagamento da indenização não vai devolver a saúde de Flávia, mas vai, pelo menos, ajudar Odele a proporcionar mais conforto para a filha tão amada.
* A ilustração "The Spiral of Dream" é da artista Anne-Julie Aubry.

domingo, 14 de setembro de 2008

Ensaio sobre a cegueira

Assistir a "Ensaio sobre a cegueira", de Fernando Meirelles, me causou um desconforto que só duas taças de vinho depois consegui entender. Não era um mal-estar por não ter gostado do filme (pelo contrário!), mas uma apatia por me descobrir completamente exausta de viver, assim como o personagem de Julianne Moore, como cão-guia. Acho que estou precisando de uma dose de "cegueira branca".

Amasso no sofá

Passatempo ideal para um final de semana de tempo insosso.

video

*Contribuição da Thaisa Hochuli para o blog ;-)

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

É uma carteira? É uma agenda? Não, é um mini-notebook.



Eu amo gadgets e amo mais ainda moda. Há meses, estou namorando uns mini-notebooks, mas me controlando para não gastar dinheiro. Eis que me deparo hoje com a tentação aí ao lado. É o novo mini-note da HP, customizado pela estilista Vivienne Tam, que chegará ao mercado, em edição limitada (snif, snif, snif), no ano que vem. Eu queeero!!!

"Eu vou, eu vou, pra casa agora, eu vou..."

"A nossa equipe tentou de todas as formas, mas houve uma ansiedade por não resolver o jogo nos minutos iniciais. Aí o time começou a tentar pelo meio, e não explorou a velocidade e as jogadas pelas laterais."

Justificativa dada pelo técnico-anão, após o empate sem gols da Seleção Brasileira com a Bolívia.

Cara de pau irrecuperável

“Perco a eleição, mas eu não minto.”

Declaração de Paulo Maluf, o paulista mais cara de pau da história, em sabatina organizada pelo jornal O Globo.

terça-feira, 9 de setembro de 2008

Para crianças

Após duas semanas levando uma baita surra da tecnologia e enchendo o saco do meu amigo Miguel Archer, estou colocando no ar As aventuras de Teca Sapeca, o meu (por enquanto) blog para crianças. Já que os pequenos estão cada vez mais cedo navegando pela Internet, resolvi criar um espaço para postar as brincadeiras, músicas e vídeos que eles gostam, mas que também eduque sem ser chato, quase sem eles sentirem.
O principal objetivo é estimular o gosto pela escrita, criando estórias com eles. Estou transformando a Teca, minha gata, em personagem e narradora do blog. Através dela, vou começar as estórias e dar liberdade para as crianças terminarem.
Entre uma brincadeira e outra, vou postando sobre ecologia, literatura, folclore, alimentação, história, literatura infantil, curiosidades, bichos etc. Além de participar escrevendo as estorinhas (inventando e desenhando novos personagens e cenários), eles também vão poder indicar os sites que gostam, as músicas que querem ouvir (na rádio Teca Sapeca), os vídeos que querem assistir (na TV Teca Sapeca), os livros favoritos (na BiblioTeca Sapeca), enviar fotos de seus bichos de estimação e o que mais pintar pela imaginação. Mas tudo isso vai ser construído aos poucos, junto com eles.
Para ficar legal, vou precisar muito da ajuda de vocês divulgando o espaço para seus filhos, sobrinhos, afilhados, netos, enteados, filhos de amigos, vizinhos, enfim, para todas as crianças que conhecerem. E, também, fazendo críticas e sugestões sobre o que deve (ou não) ser falado. O espaço é amador, mas feito com todo o cuidado e critério que o público ao qual se destina merece.

segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Diversão garantida

Você pode até achar o Abba, aquele grupo sueco da década de 70, cafona. É difícil de negar isso. Mas não perca o filme Mamma Mia, baseado no musical que estreiou em 1999, em Londres, e se transformou no mais visto em todo o mundo. A diversão é garantida.
Com uma Meryl Streep simplesmente sensacional, um elenco que parece se divertir a cada cena e um cenário de sonho, é difícil ficar parado na cadeira ou segurar a vontade de correr para o aeroporto e pegar o primeiro vôo para a Grécia. Eu estou doida que o filme entre em cartaz para poder ver de novo.

"... Mamma mia, here I go again/My my, how can I resist you?/Mamma mia, does it show again?/My my, just how much I've missed you..."

domingo, 7 de setembro de 2008

Gatinha boa de garfo

A gatinha Tessa sabe como se comportar à mesa. Ela come ração com garfo, macarrão com hashi (aqueles pauzinhos japoneses) e sorvete com colher. E, antes das refeições, ela ainda lava as patinhas.
Acho que eu estou precisando mandar a Teca fazer umas aulas de boas maneiras com a Glorinha Kalil.

Via Reino d'Almofada

quinta-feira, 4 de setembro de 2008

Respeito é bom e eu gosto

Alguém precisa explicar ao Sr. Molusco que não é porque ele ocupa a principal sala do Palácio do Planalto que tem o direito de desrespeitar a inteligência alheia. Como se não bastasse se vangloriar por não ter estudado e, no entanto, receber como primeiro "canudo" o diploma de presidente da República; viver incitando a guerra de pobres contra ricos e de negros contra brancos, em seus discursos a favor da assustadora proliferação de cotas sociais; xingar estudantes de b... (não vou reproduzir aqui a palavra porque, ao contrário dele, respeito as pessoas que sabem ler), esta semana fomos agraciados com mais duas de suas pérolas.
Na terça-feira, na inauguração do primeiro poço a extrair petróleo na camada do pré-sal, a primeira gracinha sem-graça: “Por isso que a água é salgada? É por causa do pré-sal? Eu pensei que fosse por causa do xixi que as pessoas fazem na praia, no domingo”.
Ontem, mais uma, ao comentar com jornalistas o projeto de lei do governo que proíbe o fumo em lugares fechados. "Eu defendo, na verdade, o uso do fumo em qualquer lugar. Só fuma quem é viciado", disse, enquanto "degustava" uma cigarrilha.
Sr. presidente (com p minúsculo mesmo, porque quem não dá o exemplo não merece letra maiúscula), em primeiro lugar, praia não é mictório público. Em segundo lugar, não é porque alguém é viciado que quem o cerca é obrigado a conviver com o vício e/ou sofrer as conseqüências dele. Aprenda a respeitar seu semelhante e pare, por favor, de deseducar ainda mais a Nação.

terça-feira, 2 de setembro de 2008

Os melhores blogs do mundo

A Folha Online traz hoje uma matéria sobre o concurso que a rede de TV alemã Deutsche Welle está promovendo para escolher os melhores blogs do mundo. Esta é a quinta edição do The BOBs, que premia os melhores blogs em 11 línguas (incluindo o português) e em 16 categorias.
Na primeira fase, que vai até 30 de setembro, todos os internautas podem sugerir suas páginas preferidas, entre blogs, videoblogs e podcasts. Depois, um júri internacional, composto por jornalistas, pesquisadores e blogueiros escolherão os finalistas. Os vencedores vão receber aparelhos tecnológicos, como tocadores de mídia, e para armazenamento de arquivos.
A lista definitiva com os vencedores vai sair tanto desse júri especializado quanto de uma votação online, promovida no site do concurso, entre os dias 27 de outubro e 26 de novembro. Os vencedores serão anunciados no dia 27 de novembro, em uma cerimônia no Museu da Comunicação de Berlim.
No ano passado, 7 mil blogs foram registrados no concurso --a votação online recebeu 100 mil pessoas. A página vencedora foi Fotomania, da jornalista Xenia Avimova, de Belarus. O melhor blog em português foi o do jornalista Marcelo Tas, que atualmente apresenta o "CQC", na Band.